foto

foto
joaobnascimento

sexta-feira, 22 de junho de 2018

São onze reis no gramado; Milhões de súditos aplaudindo.

São onze reis no gramado;
Milhões de súditos aplaudindo.

Hoje o nosso futebol
Que foi prazer no passado
Está muito mudado
Não brilha mais no arrebol
Apagou-se a luz do sol
Toda arte foi fugindo
Os dribles foram imergindo
Não existe mais gingado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Os atletas antigamente
Foram todos substituídos
Viraram astros iludidos
Não lembram vagamente
O futebol está doente
Os craques foram sumindo
A arte se exaurindo
O povo sendo enganado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

O futebol virou mistura
Comercio e exploração
Moeda de exportação
Acabou-se a arte pura
Negociata sem lisura
A fome de gol reduzindo
Hoje o craque vive caindo
Joga mais tempo deitado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Às várzeas que produziram
Craques de autenticidade
Jogadores de verdade
Com o tempo já faliram
Escolinhas substituíram
Atletas foram fabricando
Com astúcia enganando
Hoje está tudo acabado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

A FIFA tão poderosa
Já não tem credibilidade
Com as outras entidades
Viraram piadas e prosas
Roubalheiras dolorosas
Mancharam o seu caminho
Todo crédito foi caindo
É órgão desacreditado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Jogador da seleção
É um homem milionário
Exemplo de mercenário
Não existe empolgação
Virou muita enganação
O futebol foi reduzindo
Pouco estão produzindo
Todos estão nivelados
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Se tiver bom empresário
Um bom apadrinhamento
Não precisa treinamento
Jogar só o necessário
Um craque extraordinário
Logos estará surgindo
O Galvão ficar aplaudindo
Pela Globo apadrinhado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Os salários dos jogadores
Dão para tirar da miséria
A fome que é tão séria
Milhões de trabalhadores
Que trabalham de favores
De fome vão sucumbindo
Os atletas se exibindo
Tatuagens e penteados
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

A nossa pobre seleção
Não passa de uma piada
Por nome tão afamada
Hoje é uma aberração
Neymar na enganação
Boneco que vive caindo
Enganando e iludindo
Nem em pé mesmo fica
Pra ganhar da Costa Rica
Jogo fácil no passado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Para ser fenomenal
Só precisa pedalar
Sem nada para criar
Já se torna genial
Ser um afilhado global
Pé sobre a bola iludindo
As chuteiras reluzindo
Jesus sem dar o recado
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Fagner está mais para cantor
Thiago Miranda e Marcelo
Allison um boneco singelo
Casemiro está um horror
William nem sequer entrou
Paulinho nada progredindo
Jesus e Neymar apagados
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Tite tenta uma aposta
Firmino entra em ação
Teve mais uma opção
A entrada de Diego Costa
Ele teve uma proposta
O futebol foi surgindo
O jogo foi progredindo
Os gols saíram atrasados
São onze reis no gramado
Milhões de súditos aplaudindo.

Joabnascimento
22/06/18

2 comentários:

  1. Parabéns lindo trabalho
    Nota mil👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  2. Parabéns lindo trabalho
    Nota mil👏👏👏👏

    ResponderExcluir