foto

foto
joaobnascimento

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Feliz dia do amigo

imagem: plus.google.com

Feliz dia do amigo

Amigo é pra acudir outro
Assim diz o velho ditado
Amigo cuida do amigo
O amigo fica preocupado
Faz tudo para ajudar
Não importa a hora e lugar
Amigo está sempre do lado

Amigo não é aquele
Que vive a bajular
Trazendo e levando fofoca
Em tudo quer opinar
Na hora da necessidade
Acelera na velocidade
Tentando se afastar

Mesmo estando distante
O amigo está presente
Distante apenas de corpos
Mas juntos pela a mente
Não existe falsidade
O que impera é a verdade
Sinceridade consciente

O amigo está presente
Na alegria e na tristeza
É um muro instransponível
Uma tremenda fortaleza
É um fiel protetor
Um pai, um tutor.
Um oásis de beleza

O amigo não tem sexo
Nem classe e nem cor
Amigo é espontâneo
Não faz nada, por favor,
Amigo faz qualquer esforço
Te dar a carne e rói o osso
Amigo só dá amor

Amigo tem cinco letras
Como os dedos das mãos
Amigo é coisa rara
Em qualquer ocasião
O amigo guardado no peito
É um irmão mais que perfeito
É uma veia do coração.

Autor: Joabnascimento
Data: 20/07/17
Recanto das Letras: Joabnascimento
Blog: joaobnascimento55.blogspot.com
Twitter:@ljoaobatista












segunda-feira, 5 de junho de 2017

Mãe natureza

Imagem: Twitter.com

Mãe natureza


Salve a mãe natureza
Fértil de grande beleza
De todas as mães tu és a primeira
Em ti reina a vida e a juventude
Cheia de encantos e vicissitudes
Perigosa arisca e traiçoeira

A essência pura da vida
De toda a maldade és desprovida
Tem o néctar de todo o começo
Sua fonte é intermitente
Renovação sempre eminente
A sua valia não existe preço

Natureza mãe menina mulher
Poder de Deus pai onde estiver
Em teu berço acolhe o início de tudo
Tu és um processo de relacionamentos
Produção infinita de crescimento
Metafisicamente com poder absoluto

Metabolismo constante em transformação
Crescimento por absorção
Armazenamento de energia e massa
Capaz de gerar entidade semelhante
Respostas a estímulos determinantes
Reprodução contínua de toda a raça

De todas as mães existentes
Desde o princípio tu estás presente
Gerando a vida em todos os reinos
Tudo o que existe em nosso planeta
Saiu do seu ventre sem sexo e gameta
Sem planos projetos táticas e treinos

Tu és semelhança pura do Divino
A mesma essência de Jesus menino
Espalha a vida em todo o lugar
Não reclama dos maus tratos recebidos
Do homem rude ignorante atrevido
Que suja destrói queima sem parar

Por ordem do Divino você tenta ensinar
Devolve ao homem o mal que ele causar
Mostrando que a pura ganância
Só traz lamentos para a humanidade
Que a destruição não traz felicidade
O mal é provido de orgulho e arrogância

Oh! Mãe tu dá pão para o nosso alimento
Nos dá a água para o nosso sustento
Nos dá o ar para a gente respirar
Nos dá a luz para a nossa claridade
Nos dá a noite para a nossa serenidade
Nos dá o irmão para aprendermos a amar

Os animais que guarnecem as florestas
As raças irmãs de vidas domésticas
O sol a lua as estrelas a brilhar
Envia a chuva para o homem do sertão
Arar a terra e colher a plantação
Os passarinhos em sinfonia a cantar

A vida fértil nos mares e manguezais
Presenteia toda a cadeia de animais
Cada um com uma missão a cumprir
Enfim a vida está em ti presente
A mãe natureza reina onipotente
Firme forte contente a sorrir.

Em todo o meio ambiente
A mãe natureza está presente
Protegendo o eco sistema
Nós somos a própria natureza
Devemos cuidar com certeza
Assim evitar todos os problemas

Salve todas as mães reprodutoras
Oriundas da natureza genitora
Salve a vida do ventre fértil nascido
Todos somos filhos com uma certeza
A maior das mães é a mãe natureza
Início da vida por Deus merecido.

Autor: Joabnascimento
Data: 10/05/17
Recanto das Letras: Joabnascimento
Blog: joaobnascimento55.blogspot.com
Twitter:@ljoaobatista

terça-feira, 16 de maio de 2017

Parabéns a todos os garis

Imagem:recadosonline.com

Parabéns a todos os garis

Veja só quanto mal
Se não houvesse o profissional
Pra fazer a limpeza
Porque sujar é natural
Gente sem cultura social
Existe em toda redondeza

Tudo que não presta joga no chão
Não quer saber a real situação
Entupindo ralos e esgotos
Imagine o que faz em sua casa
A sujeira fazendo devassa
Com doenças epidemias e desgostos

O princípio vem da falta de educação
Nosso povo não sabe ser cidadão
Dane-se quem tem que limpar
Com esse pensamento mesquinho
Caminham bem devagarinho
Nem sabem onde vão chegar

A limpeza só nos traz benefícios
Só isso já é um grande artifício
Pra gente ter mais cuidado
Não sujar as nossas ruas
Pra que todo lixo não obstrua
Possamos manter tudo saneado

Vamos ensacar o nosso lixo
Fazer tudo com muito capricho
Ajudando aos profissionais
Os homens da limpeza
Agradecerão com toda certeza
O serviço renderá muito mais

Se não houvesse os garis
Teríamos que nos dividir
Pra dar fim a nossa sujeira
O trabalho seria dobrado
Haveria lixo pra todo lado
Com doenças alastra eiras

Esses homens sem temor
Trabalham mais por amor
São mal remunerados
Um trablho tão importante
Digno e edificante
Excluídos e desprezados

As pessoas não valorizam
Só mesmo quando precisam
Porque não querem enxergar
Tem nojo asco aversão
Da sua própria podridão
Que viestes a sujar

Esses grandes profissionais
São importantes até demais
Trabalham de sol a sol
Com chuva vento ou trovoada
De dia a noite ou madrugada
Às vezes não usam nenhum aerossol

Na maioria são maltratados
Por muitos discriminados
Como reles da sociedade
Graças a eles temos limpeza
Serviço feito com alteza
Para o bem de toda humanidade

Vamos todos agradecer
Eles fazem por merecer
Toda nossa gratidão
Parabéns a todos da limpeza
Vocês podem ter certeza
Agradecer é nossa obrigação.

Autor: Joabnascimento
Data: 17/05/16
Recanto das letras: Joabnascimento
Blog: joaobnascimento55.blogspot.com
Twitter:@ljoaobatista

domingo, 14 de maio de 2017

Ser Mãe

Foto: plantãomaterno.com

Ser Mãe

Abrir as pernas ao namorar
Fazer amor depois de casar
Toda hora e todo o dia
Dar e sentir prazer
Ao dormir e ao amanhecer
Isso qualquer uma faria

Depois do ato consumado
Seu óvulo ser fecundado
Com a gravidez iminente
Passar os nove meses
Enjoar milhões de vezes
Reações que grávida sente

Fazer o pré-natal
Ir ao médico no período mensal
Cumprir toda a rotina
É uma obrigação
O dever na gestação
É todo o sonho de menina

No momento certo
Deus vai estar por perto
Na hora do bebê nascer
Tudo corre muito bem
Nesse momento, porém.
Começa o seu padecer

Apenas engravidar e parir
Não faz você se sentir
Com o dever cumprido
Ser mãe não é só isso
É assumir o compromisso
Com o recém-nascido

 Agora sim é importante
A sua dedicação a todo instante
Ao seu fruto concebido
Ele é a sua extensão
Todo amor e dedicação
A ele será merecido

As mães por vaidade
Em nome da plasticidade
Não querem amamentar
Para os seios não caírem
Preferem a elas iludirem
Com mingaus a empanturrar

Ser mãe é não ter vaidade
É dar de mamar à vontade
Durante seis meses a seguir
É não ter preconceito
É doar todo o seu peito
Não ligar se ele cair

Ser mãe é não querer dormir
A noite toda sem interferir
Quando a criança precisar
Empachar ela de mingau
Não importa se faça mal
Para não lhe incomodar

Ser mãe é se desprender
Da sua vida para viver
É dedicação total
É se doar o tempo inteiro
De janeiro a janeiro
De uma forma integral
  
Ser mãe é não abandonar
Para poder ir farrear
A noite toda no forró
Deixar a criança a mingua
Pois ela não é uma íngua
Ela não está no mundo só

Ser mãe é também sentir a dor
Um incondicional amor
Diferente dos demais
Não é querer se livrar
E com preguiça não cuidar
De quem de ti precisa mais

A irresponsabilidade
Começa na maternidade
Não querer amamentar
O leito é o melhor alimento
Dá base para o sustento
Para o bebê se criar

Ame demais a sua cria
Dê amor e companhia
Dedique toda a atenção
Ela é uma dependente
Doe a ela para sempre
Sua vida e seu coração.

Autor: Joabnascimento
Data: 23/03/17
Recanto das Letras: Joabnascimento
Blog: joaobnascimento55.blogspot.com
Twitter:@ljoaobatista

terça-feira, 25 de abril de 2017

S. O. S.

Imagem: Twitter.com

S. O. S.

Em busca de auxílio estou
Novamente a te rogar
Para que a paz no mundo
Um dia volte a reinar
Acabar com o sofrimento
De todo o povo sedento
Por felicidade no lar

S. O. S. para a vida
Pela conservação da natureza
Que o homem embriagado
Pelo o poder e riqueza
Recue dos seus ideais impiedosos
De tiranos monstruosos
Que volte a reinar só pureza

S. O. S. para a Amazônia
Do planeta o pulmão
Que acabe o contrabando
Com a derrubada de árvores no chão
Que acabem com as queimadas
Que a mata seja conservada
Para o bem de toda a nação

Acabe com toda a guerra
Entre as nações poderosas
Que a ganância e o poder
Reine de forma amistosa
Que o amor nos corações
Domine a paz dos irmãos
De forma prodigiosa

Que os filhos de tais nações
Que vivem em guerra e conflitos
Não sofram retaliações
Com medo vivem aos gritos
Que os seus governantes
Usem a mente pensante
Para acalmar os seus entes aflitos

Que os mísseis poderosos
E as bombas nucleares
Não saiam para o combate
Não rasguem o silêncio dos ares
Que não destruam as vidas
Dessa gente esquecida
Trazendo horrores aos lares

Que os homens possam se entender
De forma civilizada
Respeitando os direitos
Da paz globalizada
Que a ONU estabeleça a paz
Que a terceira guerra jamais
Dê início de forma generalizada

Que os chefes poderosos
Rudes e ignorantes
Que só pensam no poder
Não pensam no restante
Não importa quantas vidas
Assassinadas e sofridas
Desesperam-se nesse instante

Aprisionados em quartéis
Os soldados em prontidão
Ou nos mares patrulhando
Atentos de armas nas mãos
Nas fronteiras limitadas
Com as armas preparadas
Para qualquer intervenção

Não passam de buchas de canhão
Os soldados combatentes
No início do combate
Estão na linha de frente
Dão a vida pela a nação
É irmão matando irmão
Obedecem a um louco demente

Quantos filhos ficam órfãos
Quantas esposas ficam viúvas
Quantos lares destruídos
Quantos morrem antes da curva
Quantos pais vivem sofrendo
O coração ferido ardendo
As lágrimas caindo turvas

Enquanto os donos das guerras
Reinam em tronos com proteção
Nunca viram um combate
Só conhecem ostentação
Vivem cobertos de brilhantes
Fortuna e poder a todo instante
Sem amor no coração

Toda guerra é causada
Pela briga de poder
O soberbo desumano
Nada disso quer saber
Com a arrogância ferida
Sem dar valor a uma vida
Não importa quem vai morrer

Assim caminha ofegante
A nossa triste humanidade
Em direção ao precipício
Sem controle da sua vontade
Como animais controlados
Por tiranos desvairados
Que só conhece a maldade.

Autor: Joabnascimento
Data: 25/04/17
Recanto das Letras: Joabnascimento
Blog: joaobnascimento55.blogspot.com
Twitter:@ljoaobatista




































sexta-feira, 21 de abril de 2017

Tiradentes


Imagem: pinterest.com

Tiradentes

Nascido na fazenda de Pombal
Pertencente a Portugal
Nasceu esse brasileiro
Militar e dentista
Minerador e ativista
Comerciante e tropeiro

Joaquim José da Silva Xavier
Preparado para o que der e vier
Conhecido por Tiradentes
Lutou pelo o Brasil
A sua pátria mãe gentil
Em prol de toda a nossa gente

Foi um ativista político
Exigente e muito crítico
Lutava por liberdade
Pagou com a própria vida
Em nome da pátria querida
Com garra e objetividade

O grande herói Tiradentes
Participou ativamente
Da Inconfidência Mineira
Com ideias do ilusionismo
Passou a exercer o antagonismo
Contra o poder sobre a nação brasileira

Os inconfidentes geralmente
 Integravam socialmente
A elite social da região
Ou ocupavam postos militares
Profissões liberais populares
Fazendo assim a interação

Ideias como a de liberdade
Equiparando as igualdades
E o anseio pela emancipação
Independência da Coroa Portuguesa
Governada por uma louca baronesa
Foi à causa de toda a fomentação

Os planos de insurgência
Objetivado com indulgência
Contra o governo local
Tiveram como estopim
Um imposto muito ruim
Sobre o rendimento pessoal

Toda a produção aurífera
A cobrança era mortífera
Com o tributo cobrado
Esse imposto com a “derrama”
Colocava o povo na lama
Todo o povo seria roubado

Após estarem bem elaborados
Os inconfidentes foram delatados
Por Silvério dos Reis traidor
Acreditava poder sanar
As suas dívidas pagar
Da coroa era um devedor

Prenderam os inconfidentes
Apanharam Tiradentes
Na cidade do Rio de Janeiro
Os líderes receberam o banimento
Tiradentes recebeu o enforcamento
Exemplo para o povo inteiro

O alferes foi enforcado
Com o seu corpo esquartejado
Exposto em praça pública
Virou mártir brasileiro
Seu ato foi o primeiro
Para libertar nossa República

Hoje o seu nome é lembrado
A data virou feriado
É patrono da Polícia Militar
Praças ruas e cidades
Moeda de certa quantidade
Estão a lhe homenagear

Com o título de herói
Esse a terra não destrói
Deixou o seu nome gravado
Tiradentes foi exemplo
Com esse texto contemplo
Esse mártir desrespeitado

Em vinte um de abril
Todo o povo do Brasil
A ele deve um louvor
Esse grande brasileiro
Doou-se por inteiro
Prestou-nos grande favor

Autor: Joabnascimento
Data: 19/04/17
Recanto das Letras: Joabnascimento
Blog: joaobnascimento55.blogspot.com
Twitter:@ljoaobatista